Amor pela inclusão: Turismo conclui curso de Libras para funcionários


Crédito: Divulgação


Em busca de fortalecer a inclusão nos pontos turísticos de São Vicente, a Secretaria de Turismo (Setur) promoveu, durante todas as segundas-feiras do mês de junho, um curso de Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) para 13 funcionários (oito profissionais e cinco estagiários). A capacitação foi realizada na própria sede da Setur, no Complexo Administrativo Municipal (CAM), localizado na Rua José Bonifácio, 404, Centro. A última aula foi realizada nesta segunda-feira (28) e contou com a presença da vice-prefeita, Sandra Conti. "Fiquei bastante empolgada com a ideia do curso. A inclusão é um ponto de discussão do nosso governo. Pretendemos expandir para as demais Secretarias. Estamos em busca de levar dignidade para todas as pessoas", comenta a vice-prefeita.

Aos poucos, a Secretaria de Turismo prepara a retomada das atividades e projetos, afinal, o turismo é um dos fortes pilares da Primeira Cidade do Brasil, que já soma quase 500 anos de existência. Pensando neste retorno gradual, a servidora Renata Lima, guia de turismo há 10 anos e idealizadora do curso, destaca a iniciativa. "A sociedade vem passando por mudanças, por isso estamos em busca de estimular a integração, e o curso proporciona isso. Nosso objetivo é atender a comunidade surda, preparando nossos funcionários que atendem nos pontos turísticos."

Os alunos tiveram contato com a linguagem de sinais pela primeira vez e, de acordo com o estagiário Emerson Oliveira, a medida é essencial no desenvolvimento da sociedade. "Foi muito gratificante. Conseguimos integrar melhor nosso grupo de maneira bem descontraída, e agora temos um ensinamento que será levado para a vida", ressalta.

A turismóloga Patrícia Monteiro possui 70% de deficiência auditiva no ouvido esquerdo e 50% no direito. Ela conta que desde sempre se adaptou à comunicação observando a leitura labial e os sinais das pessoas. Porém, essa foi a primeira experiência com a linguagem de sinais. "Aprendi a falar desde cedo, desenvolvendo outras técnicas. Entretanto, não havia tido contato com Libras, é a primeira vez. Este curso foi um incentivo para todos nós", explica.

As aulas foram conduzidas pelo tutor Orlando Coelho, que é surdo, e pela assessora pedagógica da Secretaria de Educação (Seduc), Priscilla Costa, que notou clara evolução nos alunos desde a primeira aula. "No começo, eles eram leigos no assunto e foram se interessando pelo aprendizado aos poucos. A experiência foi ótima e muitos deles já pediram indicação para dar sequência no curso. Essa capacitação trabalhou dois pontos: fazer com que a comunidade surda se sinta acolhida nos pontos turísticos do Município, e também trazer um novo conhecimento aos profissionais e estagiários, como enriquecimento curricular", conclui.

Nesta quinta-feira (1°/7), às 16h, haverá a cerimônia de entrega dos certificados, que será realizada no Salão Nobre da Prefeitura de São Vicente (Rua Frei Gaspar, 384 - Centro).


Fonte: Prefeitura de São Vicente

1 visualização0 comentário