Empresa Litoral Sul paralisa ônibus em Itanhaém

FONTE: DIÁRIO DO LITORAL


A empresa Litoral Sul Transportes, responsável pelo transporte urbano em Itanhaém, deixou cerca de 12 mil usuários do município sem ônibus nesta sexta-feira (23).


A falta de ônibus pegou os moradores de surpresa nos pontos de ônibus do Centro e nos bairros. A maioria dos usuários teve que utilizar as vans que circulam na cidade ou o transporte feito por aplicativos.


Segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Santos e Região, a empresa tirou os ônibus de circulação alegando falta de combustível.


O serviço de transporte urbano na cidade, feito pela empresa Litoral Sul, tem sido alvo de diversas reclamações por parte da população. Na fase amarela estavam circulando apenas dez ônibus. Ao entrar na fase verde, no início deste mês, a empresa deveria circular com 31 ônibus, o que não ocorreu. A tarifa custa R$ 3,50.


No dia 6 de junho deste ano, o Diário do Litoral publicou reportagem sobre as várias reclamações de usuários dos constantes atrasos, a falta de linhas para os bairros Gaivota, Loty e Jardim Oásis, bem como sobre o estado precário dos veículos.


Prefeitura


A prefeitura de Itanhaém informa que teve conhecimento da paralisação do serviço de transporte público na manhã desta sexta-feira (23). Em razão disso, a Administração se reuniu com representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Santos e região, na parte da manhã, para buscar soluções benéficas tanto aos usuários quanto aos funcionários da concessionária.


A Administração ressalta ainda que já notificou a empresa para que seja restabelecido imediatamente o serviço à população, sob pena de multa e até rescisão contratual.


Histórico


A prefeitura de Itanhaém lançou no dia 13 de agosto edital de concorrência pública para a contratação de uma nova empresa de transporte urbano no município. O aviso de licitação e Edital de Concorrência Pública nº 07/2020 foi publicado no Diário Oficial do Estado. A entrega das propostas de empresas interessadas foram feitas no dia 14 de setembro de 2020.


O prefeito de Itanhaém Marco Aurélio Gomes afirmou, em agosto deste ano, que devido à pandemia, o prazo de seis meses para cumprir o contrato, resultado do acordo judicial entre as partes, havia sido suspenso.


E que a Justiça havia firmado um novo prazo de dois meses e 22 dias, após o município entrar na fase verde, que aconteceu no último dia 9. Caso a empresa não cumprisse com as normas, a prefeitura faria a rescisão do contrato e a conclusão da nova licitação após esse prazo. (Nayara Martins)


Leia mais em: https://www.diariodolitoral.com.br/cotidiano/empresa-litoral-sul-paralisa-onibus-em-itanhaem/138875/


Foto: Nair Bueno/DL

6 visualizações
logo-top-retina1-fb.png
logo-crowley-azul.png
LOGO_GUARUJÁ_VETOR_-_PNG.png
guarujá_am_logo_CONTORNO.png
RGE LOGO.png

GUARUJAFM.COM.BR - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS © 2020

LOGO_GUARUJÁ_VETOR_-_PNG.png
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • whatsapp-logo-1

13 99779-1045