Paulo Vieira lembra piada que fez a político acusado de trabalho escravo


Imagem: Reprodução/vídeo


Paulo Vieira, de 28 anos, relembrou o início de sua carreira no humor em Tocantins. Segundo ele, a política era um tema tão recorrente em seus shows que um colega chegou a comentar. "O Paulo só vai descansar quando ele for assassinado e virar um mártir da comédia".


Ao falar sobre o assunto, o comediante explica. "Eu fazia muita piada de político, por exemplo, uma vez tinha um político de Palmas, que foi acusado de trabalho escravo, foi ao meu show, então puxei ele e disse: 'Vamos cantar juntos, escravos de Jó, jogavam caxangá'", lembrou Paulo Vieira em entrevista ao podcast Vênus.


Veja mais em: https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2021/08/01/paulo-vieira-lembra-piada-que-fez-a-politico-acusado-de-trabalho-escravo.htm