Prefeitura dispersa mais de mil pessoas em ação integrada da Vigilância Sanitária e GCM


Foto: Divulgação


A Prefeitura de São Vicente segue atuante com a força-tarefa integrada com equipes da Vigilância Sanitária, Guarda Civil Municipal (GCM) e a Secretaria de Trânsito e Transporte (Setrans), para atender a denúncias de festas e aglomerações pela Cidade.

Na madrugada de sábado (10) para domingo (11), cerca de 17 denúncias foram verificadas e, no total, as equipes dispersaram mais de mil pessoas e aplicaram quatro autos de infração nos locais vistoriados.

A ação iniciou na noite de sábado, fiscalizando uma possível festa em uma casa de shows na Avenida Antônio Emmerich. No local foi constatado que o evento havia sido cancelado.

Uma outra denúncia no bairro Parque São Vicente, no Sá Catarina de Moraes, encerrou uma festa com cerca de 550 pessoas e a casa foi autuada por descumprimento do decreto 5599-A.

No bairro Beira Mar, um bar estava funcionando fora do horário permitido pelo decreto e reunia cerca de 35 pessoas. O dono foi notificado e os clientes dispersados.

Uma festa clandestina na Vila Margarida, reunia mais de 350 pessoas, por volta das 2h, e estava desrespeitando o decreto. A festa foi encerrada e o local autuado.

Durante a ronda da força-tarefa, na Rua Monte Castelo, também no bairro Vila Margarida, foi encontrado um foco de aglomeração na rua. Cerca de 40 pessoas foram abordadas e dispersadas.

Uma outra denúncia fez as equipes se deslocarem até o bairro Náutica 3 e constatarem uma festa clandestina em um estabelecimento na Avenida João Francisco Bensdorp. O dono do local não abriu a porta e por conta disso foi multado, novamente, por obstrução.

Por volta das 3h50, um morador denunciou um bar na Rua Alice Machado, no bairro Parque São Vicente, onde acontecia uma festa.

No local foi constatado que cerca de 80 pessoas estavam em frente ao estabelecimento, consumindo álcool e obstruindo a passagem pública. O estabelecimento foi notificado, baseado no novo decreto.

As equipes também verificaram outras denúncias, em diversos pontos da Cidade.


Leia mais em: https://www.saovicente.sp.gov.br/publico/noticia.php?codigo=11412

1 visualização0 comentário